16 de agosto de 2014

Luiz Domingos, o GP de Maceió

"Luiz Domingos, o GP de Maceió" enviou suas fotos para o blog porque quer encontrar um homem para transar. Ele é do estado Alagoas, no Nordeste brasileiro. Você também encontrar um homem para transar? Envie suas fotos para o e-mail do blog: sovaco@outlook.com e você será divulgado!

Clique ou toque sobre as imagens para vê-las em tela cheia.








5 de agosto de 2014

Responda à enquete da Câmara sobre o conceito de família

O deputado federal por Pernambuco Anderson Ferreira, do Partido da República (PR), criou o Projeto de Lei Nº 6583 (PL 6583/13), o qual pretende criar o "Estatuto da Família", visando obrigar o poder público a garantir condições mínimas para a "sobrevivência" da família brasileira, efetivando o direito à saúde, à educação, à alimentação, à cultura, à cidadania, à convivência comunitária, ao esporte, ao lazer e ao trabalho.

Até então, tudo bem. O problema é que esse Projeto de Lei define família como "o núcleo social formado a partir da união entre um homem e uma mulher, por meio de casamento ou união estável, ou ainda por comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes", excluindo as uniões homoafetivas e, também, os pais e mães solteiros. Caso esse Projeto de Lei seja aprovado, a tendência é o aumento do preconceito e da homofobia por parte da sociedade, elevando os níveis de violência moral e física contra o público LGBTQI. Para ler o texto desse Projeto de Lei na íntegra, clique aqui. O PL 6583/13 está em tramitação e sua proposta está sendo analisada por uma comissão especial da Câmara dos Deputados. 

Infelizmente, mais uma vez, os homossexuais estão sendo vítimas da ignorância, intolerância, desconsideração e desrespeito de um político que é apoiado e impulsionado pelo fanatismo religioso e por pessoas com baixíssima capacidade intelectual.

A família é constituída por pessoas que, independente do sexo, se amam. O importante é que haja amor entre seus membros, que haja carinho, respeito e união; características naturais de cada ser humano provido de sensibilidade, independente de ele ser homossexual ou heterossexual. Portanto, a proposta do deputado Anderson Ferreira (PR-PE) é inaceitável, pois limita a família como sendo constituída única e exclusivamente por um homem e uma mulher, seus filhos e descendentes, quando, na verdade, ela também pode ser constituída por dois homens ou por duas mulheres, já que estes também são capazes de oferecer aos seus filhos o mesmo amor, afeto, proteção, respeito e outras necessidades básicas que os casais heteroafetivos e, na maioria dos casos, até condições melhores, já que a adoção de uma criança só é permitida após um longo processo de avaliação social, financeira, estrutural e moral da vida do casal que quer adotar.

Você votaria em um deputado que quer impedir os cidadãos de ter acesso aos direitos mais básicos, como o de ser feliz?

Para ajudar a impedir a aprovação desse Projeto de Lei, você pode votar em uma enquete que está sendo realizada no site da Câmara, a qual você pode acessar clicando aqui, onde é feita a seguinte pergunta:

Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família?

Vote em Não. Marque "não" como sua resposta, digite o código de segurança e clique em "Votar". Ajude a divulgar essa enquete e peça a seus amigos e familiares que também a respondam, visando garantir direitos iguais para todos e combater o preconceito.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...